domingo, 19 de agosto de 2018

A politica brasileira precisa deixar de ser de dois em dois anos


A política brasileira precisa deixar de ser de dois em dois anos

O País precisa mudar.

O povo precisa mudar.
Sou leigo no assunto ‘‘política’’ .
Diante do CAOS que passa o PAÍS em todos os setores administrativo se falando, é preciso que o eleitorado brasileiro tenha uma nova postura. Pois, acreditar em representantes honestos as necessidade do povo, como são colocados lá, é difícil, pois, os aparecidos só aparecem de dois em dois anos, para terem bons proveitos de quatro em quatro e o povo precisa ver isso.
O país tem as maiores taxa de impostos do mudo pode se dizer, país rico e pobre de representantes, digo isso porque quem mais precisa não tem direito, é só olhar a quantidade de pessoas quem não tem um teto... A casa própria deveria ser para quem não tem, mas, só adquire quem tem condições de pagar;
O  país que não investe em EDUCAÇÃO no pode crescer.
Como pode um país que não tem combustível, importar e vender pela metade do preço o mesmo combustível? Isso é contraditório poderíamos dizer. Não! É a mais pura verdade. E assim é para tudo se falando.
Ninguém faz nada com a quantidade de impostos que pagamos.
O povo também precisa aprender a não saquear as cargas tombas nas rodovias de nosso país e sim deve socorrer o vitimado ou vitimados. Isso é passar a ser um país de pessoas conscientes e sábias.
As alianças partidárias não devem existir e se existir que não seja a troco de favores e sim em favor do povo.
Não digo, que não devemos votar. Vamos votar sim,  escolher alguém que possamos ao menos tentar confiar, mas vamos deixar de acompanhar esses políticos de rua em rua de cidade em cidade.
Vamos mudar.
Vamos dizer agora, ganhe, trabalhe e na próxima eleição votarei em você por seu trabalho prestado, porque o cidadão não pode viver de promessa. ´
Eu digo, vou cuidar da saúde, educação e segurança  e as pessoas continuam morrendo das diversas formas. Isso não pode acontecer.
Poeta 19 de Agosto de 2018.

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Ser um cidadão educado, é a certeza que teve uma família ao seu lado.

Ser um cidadão educado, é a certeza que teve uma família ao seu lado.

A educação precisa ser levada a sério. este Juiz não foi dez, foi e é 1000.
Juiz nega dano moral a aluno que teve celular tomado em sala de aula
"O professor é o indivíduo vocacionado a tirar outro indivíduo das trevas da ignorância, da escuridão, para as luzes do conhecimento, dignificando-o como pessoa que pensa e existe."
As palavras acima são do juiz de Direito Eliezer Siqueira de Sousa Junior, da 1ª vara Cível e Criminal de Tobias Barreto/SE, ao julgar improcedente a ação de aluno em face de professor que tomou seu celular em sala de aula.
De acordo com os autos, o docente retirou o aparelho do aluno, que ouvia música com fones de ouvido durante sua aula. O menor, representado por sua mãe, ajuizou ação para pleitear dano moral, para reparar seu "sentimento de impotência, revolta, além de um enorme desgaste físico e emocional".
Ao analisar o caso, o juiz Eliezer solidarizou-se com a situação dos professores.
"Ensinar era um sacerdócio e uma recompensa. Hoje, parece um carma".
Afirmou, então, que o aluno descumpriu norma do Conselho Municipal de Educação, que veda a utilização de celular durante o horário de aula, além de desobedecer, reiteradamente, o comando do professor.
Para o magistrado, não houve abalo moral, uma vez que o aluno não utiliza o aparelho para trabalhar, estudar ou qualquer outra atividade.
"Julgar procedente esta demanda é desferir uma bofetada na reserva moral e educacional deste país, privilegiando a alienação e a contra educação, as novelas, os "realitys shows", a ostentação, o "bullying" intelectivo, o ócio improdutivo, enfim, toda a massa intelectivamente improdutiva que vem assolando os lares do país, fazendo às vezes de educadores, ensinando falsos valores e implodindo a educação brasileira."
Por fim, o juiz prestou uma homenagem aos docentes.
"No país que virou as costas para a Educação e que faz apologia ao hedonismo inconsequente, através de tantos expedientes alienantes, reverencio o verdadeiro herói nacional, que enfrenta todas as intempéries para exercer seu "múnus" com altivez de caráter e senso sacerdotal: o Professor."
·         Processo: 201385001520
Confira a decisão


domingo, 23 de agosto de 2015

VALORIZANDO AS RAÍZES

Um dia você sai e diz, "antes só do que mal acompanhado" mas que tem amizade é diferente, o dia corre e o inesperado acontece, como raízes são raízes e sempre renasce, o que seria só não acontece e velhas amizades sempre nos enaltece.


Como disse nosso amigo DIGUINHA,
não sei se é poeta ou o que é
mais o que falou foi e é de muito valor
em uma das reuniões em comemoração
a nossa energia, 
pena os que se foram
bom para quem ficou
e disse:
"hoje renasce a comunidade de caboronga - Diguinha" e a bela frase marcou. Poeta 2015

 .................................................................................................................................................................

 Joga Balaio

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

domingo, 12 de outubro de 2014

Valorizar a criança acima de tudo, para que estes sejam cidadãos melhores no futuro. Poeta.

Colégio Municipal José Vieira Irmão
Semana da criança de 06 a 10 de setembro de 2014.

Valorizar a criança acima de tudo, para que estes sejam cidadãos melhores no futuro. Poeta.
A direção do Colégio Municipal José Vieira Irmão organiza  semana da criança com a apresentação de palhaços para a criançada.
Mais Educação realiza apresentações para as crianças do José Vieira Irmão.
Todos juntos fazem um bom evento. 
A Direção agradece a todos os colaboradores para a realização desta festa.